top of page
  • Foto do escritorLidice Meyer

Diário de uma Protestante na JMJ Lisboa 2023 - dia 4


4º. Dia

Neste 4º dia de JMJ vivenciei a experiência do Rise Up no Parque da Paz, em Almada. Um parque verde maravilhoso com grupos de jovens sob a sombra das árvores debatendo temas relevantes à sociedade lançados no pontificado de Francisco: Ecologia Integral, Amizade Social e Misericórdia. As bandeiras brasileiras se sobrepunham em número às demais. Conversei com vários deles vindos de todas as partes do Brasil e alguns residentes em Portugal. Todos relataram da emoção em participar deste evento memorável.

Logo a movimentação mudou e todos voltaram-se para o palco e telões. Começou uma missa campal celebrada por Dom Nuno Martins, bispo do Funchal. Percebendo a grande quantidade de brasileiros dirigiu-se a eles diversas vezes, inclusive fazendo referência ao fato de o Brasil já ter feito parte da Diocese do Funchal, na época a maior do mundo.

Sentei-me sob um carvalho para participar da missa. Os carvalhos eram árvores sagradas para os antigos, lugar de oráculos divinos, como a aparição dos três anjos a Abraão. Um vento suave balançou as folhas do carvalho. Lembrei de quando Elias ouviu Deus falar num “murmúrio de uma leve brisa” (1Rs 19.12). Orei em silêncio e pedi que Deus também falasse comigo ali sob o carvalho, na brisa leve, serena e suave. E Ele falou.

Deus falou através das imagens dos jovens ajoelhados em oração, dos jovens levantados em louvor e das leituras bíblicas realizadas por eles. A mensagem da homilia foi clara: “Deixe que a Palavra de Deus fale ao seu coração e mude os seus planos. Procure viver a vontade de Deus a cada dia de sua vida”. Sim, é verdade: um vento de renovação está soprando a partir de Portugal para o mundo.

“Vem e sopra sobre nós Teu sopro, Reunidos neste ajuntamento. Honra e santifica este momento, Com a Tua Igreja que é Teu povo.” (Vencedores por Cristo)


Lidice Meyer

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page